Criação de Loja Virtual 2018-01-30T11:14:27+00:00

Criação de loja virtual

Criação de loja virtual

Uma loja virtual é um site que permite a venda através da Internet. Também conhecida como comércio eletrônico, é uma ótima maneira de divulgar seus produtos ou serviços na internet. A loja virtual, apesar de não ter presença física nem do comprador, nem do vendedor; já que a relação ocorre entre um comprador e um sistema hospedado em um computador, exige a mesma logística de estoque e entrega que as lojas físicas e também possui regras próprias que devem ser consideradas para este canal de venda.

O conceito de loja virtual pode ser definido, de forma simplificada, como um site na Internet onde as empresas expõem e vendem seus produtos ou serviços. Os clientes acessam o site de qualquer lugar, em qualquer horário, escolhem os produtos ou serviços, pagam através do sistema de pagamento que a loja virtual oferece e recebem estes produtos no local designado no ato da compra. Exceções são feitas para os empreendimentos no qual a loja virtual é criada como complemento à loja física, permitindo muitas vezes a compra pela internet e a retirada do produto na loja física.

A criação de uma loja virtual é um processo que exige cautela. Algumas empresas especializadas em plataformas oferecem roteiros em seus sites que permitem a implantação e utilização dos softwares para o desenvolvimento da loja, com baixo nível de complexidade. No entanto, dependendo do modelo da loja virtual e necessidade de customização, o mais comum é que o empresário contrate técnicos que assumam o encargo de preparar todo o processo para colocar a loja no ar. , Vale lembrar que tudo que é desenvolvido com exclusividade tende a levar mais tempo e mais investimento financeiro.

O ambiente da loja virtual, por meio de uma plataforma, que nada mais é do que um software responsável pela exibição e pelo gerenciamento da loja, permite fazer o cálculo automático de fretes, cadastro dos produtos e preços, e facilita ao cliente realizar o pagamento da sua compra.

Deve-se tomar o máximo de cuidado para que o serviço de hospedagem da loja virtual tenha alta disponibilidade e segurança, para que o sistema permaneça estável e a possibilidade de fraudes ao portal seja dificultada ao máximo. É importante que a forma de apresentação de uma loja virtual, em sua estrutura e layout, transmita confiança e credibilidade para os consumidores no processo de compra.

A escolha do segmento em que irá atuar também é muito importante. Dê preferência a um nicho de mercado para reduzir as concorrências com os grandes players de mercado, se dedicando a um segmento com menor concorrência e muitas vezes inexplorado.

Outra questão importante refere-se aos meios de pagamentos. Em uma loja virtual a solução de pagamento é responsável por faturar as vendas, aceitar e gerenciar de maneira simples e segura diversas formas de pagamento como cartões de crédito, débito on-line, boletos, transferência eletrônica, entre outros. Existem no mercado diversas soluções de meios de pagamentos que podem atender com eficácia essa necessidade das lojas virtuais conforme descrito abaixo:

a. Boleto Bancário: Integrado com os bancos conveniados permite o pagamento e a liberação do pedido mediante a comprovação da liquidação. Cliente imprime boleto no final da compra e paga no banco de sua preferência ou por meio do Internet Banking;

b. Transferência eletrônica: Interação em ambiente seguro com bancos credenciados, onde o cliente autoriza a transferência do valor da compra para a conta da loja;

c. Cartões de crédito: O cliente digita o número do cartão por meio de uma conexão segura, diretamente no sistema da operadora. Representam a forma mais comum de pagamento, realizado através de integração entre a loja virtual e as administradoras, o que permite a efetivação da operação com o cartão e liberação imediata da compra. As operações com cartão de crédito permitem parcelamento e essas condições podem ser negociadas entre a loja e as administradoras de cartões.

d. Intermediadores de Pagamento (Ex: Paypal, Mercado Pago, Moip, Pagseguro,entre outros): Além da praticidade de implementação, os intermediadores de pagamento facilitam o processo de recebimento por parte dos lojistas, pois em um único acordo a loja passa a aceitar a maioria dos cartões de crédito, boleto e débito em conta.

É importante que a etapa de pagamento seja rápida, não incluindo muitos passos e abas, e fornecendo ao seu cliente todas as informações necessárias, como custos de frete e prazo de entrega.

A possibilidade de alcançar um público diferenciado, sem limites geográficos, a qualquer hora do dia ou da noite, a garantia de pagamento seguro e a praticidade e a rapidez nas negociações são alguns dos motivos que levam muitos a optarem para abrir uma loja virtual e vender através da internet. Este documento não substitui a elaboração de um plano de negócio, pois assim como qualquer empreendimento, abrir uma loja virtual exige cuidado e o planejamento é de extrema importância para analisar a viabilidade do seu negócio para elaborá-lo.